quarta-feira, 5 de Fevereiro de 2014

Tudo começa com um bom professor!



Versão portuguesa do vídeo “It all starts with a good teacher!” produzido a partir da ideia inicial do Lärarörbundet (Suécia).

sábado, 25 de Janeiro de 2014

Atividades de Campo, Educação em Ciências e Resolução de Problemas

O currículo de ciências português reconhecer as atividades de campo como ferramentas importantes para os alunos aprenderem ciências e aprenderem a relacionar o conhecimento científico com o mundo fora da escola. Os resultados educacionais deste tipo de actividades dependem da forma como são organizadas e integradas na sequência de ensino. Este artigo apresenta uma tipologia de actividades de campo de acordo com o seu principal objectivo educacional e categorizadas em relação a um conjunto de critérios educacionais. Em seguida, discute-se em que medida cada tipo de actividade de campo está de acordo com a resolução de problemas, ou seja, com uma abordagem de aprendizagem baseada na resolução de problemas.
In: Dourado & Leite (2013)

 

Dourado, L. & Leite, L. (2013). Field Activities, Science Education and Problem-solvingProcedia-Social and Behavioral Sciences, 106, 1232-1241.
View This Article

sábado, 2 de Novembro de 2013

A Escola e a (Re)Produção de (Des)Igualdades Sociais: Fundamentos e Resultados de uma Experiência de Inovação Organizacional

RESUMO: A necessidade de prover um serviço público que garanta a aquisição e distribuição equitativa de um “bem comum educativo”, para todas as crianças e jovens, levou a Escola Secundária de Valbom (ESV) a contratualizar com o Ministério da Educação (ME) um programa de combate ao abandono e melhoria dos resultados escolares, no âmbito do Programa Mais Sucesso Escolar (PMSE) – Escola de tipologia Híbrida, desenvolvido numa geração de alunos do 3º ciclo do ensino básico, no triénio 2009/2012.
Nesta comunicação apresenta-se o modelo organizacional implementado, os seus fundamentos teóricos e a evolução dos resultados escolares tendo em conta a composição socioeconómica e cultural da geração de alunos em estudo.
Os resultados da avaliação do PMSE revelam diminuição do insucesso e do abandono escolar, maior envolvimento de todos os atores na escola e maior motivação para a promoção do sucesso e diminuição da indisciplina, que eram considerados problemas muito graves e limitantes do sucesso escolar. Pela análise das avaliações interna e externa verificou-se que a geração de alunos do PMSE representa a coorte com maior sucesso histórico da ESV, embora sejam alunos oriundos de famílias com baixas habilitações académicas, menores rendimentos e ocupação profissional menos qualificada.

ABSTRACT: The need to provide a public service that guarantees the acquisition and the fair distribution of a "common good educational" for all children and young people, led Valbom High School (ESV) to agree with the Ministry of Education (ME) the creation of a programme to fight school abandonment and improve academic achievement, under the guidelines of the “Programa Mais Sucesso Escolar” (PMSE) - Hybrid School typology, to be developed on a cohort of students of the 3rd cycle of basic education in the triennium 2009/2012. This article presents the organizational model of the programme, its theoretical foundations and the evolution of academic results, at the same time considering the socio-economic and cultural background of the students in the study.
The results reveal that the PMSE programme reduced students failure and dropout, increased the involvement of all actors in the school and their motivation to promote academic success and decrease of indiscipline, which were considered serious problems constraining academic success. By analyzing the internal and external evaluation we conclude that the generation of students that benefitted from the PMSE programme was historically the most successful cohort in ESV, even though students came from families with low educational attainment, lower income and less skilled occupation.

Couto, C. & Rocha, A. (2013). A Escola e a (Re)Produção de (Des)Igualdades Sociais: Fundamentos e Resultados de uma Experiência de Inovação Organizacional. In Bento D. Silva, Leandro Almeida, Alfonso Barca, Manuel Peralbo, Amanda Franco & Ricardo Monginho (Orgs.), Atas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia, pp. 565-578. Braga: CIED – Centro de Investigação em Educação, Instituto de Educação, Universidade do Minho.
ISBN: 978-989-8525-22-2.

sexta-feira, 1 de Novembro de 2013

Qual a importância das relações interpessoais na aprendizagem?



Rita Pierson, professora há 40 anos, ouviu uma colega dizer: "Não me pagam para gostar dos alunos." A sua resposta: "Os miúdos não aprendem com pessoas de quem não gostam." Uma estimulante chamada aos educadores para acreditarem nos seus alunos e para se ligarem a eles a um nível real, humano e pessoal.

quinta-feira, 19 de Setembro de 2013

Um Olhar sobre o (In)Sucesso Escolar: Resultados de uma Experiência de Inovação Organizacional numa Coorte de Alunos do 3.º Ciclo no Triénio 2009/2012

Resumo: Em Portugal temos assistido a reformas e inovações sucessivas, num ambiente marcado por uma grande complexidade e diversidade de públicos escolares, e no entanto continuamos a revelar altas taxas de insucesso escolar (OCDE, 2011).
Na Escola Secundária de Valbom (ESV), a análise do insucesso histórico e a reflexão sobre as suas causas e estratégias de superação, presidiram à génese de um programa específico de intervenção, considerado adequado às características da população escolar do 3º ciclo, a implementar nas turmas de 7º ano. Muito oportunamente, o Ministério da Educação (ME) lançou em 2009 o Programa Mais Sucesso Escolar (PMSE), tendo em vista o apoio ao desenvolvimento de projetos de escolas para a melhoria dos resultados escolares no ensino básico.
Assim o projeto da ESV foi aprovado como Escola Híbrida e foi apoiado com um crédito horário de 16 horas letivas e acompanhamento científico de uma Instituição de Ensino Superior, com o compromisso de a Escola reduzir o insucesso em 1/3 em cada ano letivo.
Este projeto de investigação e inovação pedagógica na organização escolar no âmbito do combate ao abandono e melhoria dos resultados escolares foi desenvolvido numa geração de alunos do 3º ciclo do ensino básico, no triénio 2009/2012, e tinha como principais estratégias de ação: a constituição de turmas integrando alunos com características e necessidades específicas; a implementação de metodologias de ensino e de avaliação adaptadas a cada turma; a assessoria e/ou desdobramento pedagógicos nas disciplinas de intervenção (Português, Matemática e Inglês) e a possibilidade de permuta dos alunos entre turmas.
Nesta comunicação apresenta-se o modelo organizacional implementado, as estratégias e as atividades de motivação desenvolvidas e a evolução dos resultados escolares da geração de alunos em estudo. A avaliação do PMSE revelou diminuição do insucesso e do abandono escolar, maior envolvimento de todos os atores na escola, maior motivação para a promoção do sucesso e diminuição da indisciplina, que era considerado um problema muito grave e limitante do sucesso escolar. Pela análise dos resultados das avaliações interna e externa verificamos que a geração de alunos do PMSE representa a coorte de alunos com maior sucesso histórico.

Abstract: In Portugal we have witnessed consecutive reforms and innovations, in a context of great complexity and diversity of school audiences. Nevertheless, Portugal still registers high rates of academic failure (OCDE, 2011).
In Valbom High School (ESV), the analysis of student’s underachievement and the reflection on its causes originated a specific intervention program adapted to 3rd cycle student’s characteristics. The program was first applied on the 7th grade classes. In the same year, the Ministry of Education (ME) launched the “Programa Mais Sucesso Escolar” (PMSE), intended to support school’s projects for the improvement of academic results in basic education. ESV’s project was named Escola Híbrida and was supported by the ME with 16 weekly teaching hours and benefitted from the scientific monitoring of a Higher Education Institution. In return, ESV committed to reduce student’s retention rates by one third in each academic year.
This project of investigation and pedagogic innovation in the school’s organization to prevent students’ dropouts and improve academic performance was developed in 3rd cycle students, in the triennium 2009/2012, and had as the main strategic actions: creation of classes of students with similar characteristics and needs; implementation of teaching and evaluation methodologies adapted to each class; advisory and/or classes’ split in the intervened disciplines (Portuguese, Maths and English) and the possibility of transferring students between classes.
In this article we present the implemented organizational model, the developed strategies, the motivational activities and the evolution of the intervened students’ performance. The evaluation of PMSE revealed a decrease of failure and dropout, greater involvement of all stakeholders in the school and greater motivation to promote the success and decline of indiscipline, which was considered a very serious factor constraining academic success. By analyzing the results of internal and external evaluation found that the generation of students PMSE is the largest cohort of students with historic success.

Couto, C. & Rocha, A. (2013). Um Olhar sobre o (In)Sucesso Escolar: Resultados de uma Experiência de Inovação Organizacional numa Coorte de Alunos do 3.º Ciclo no Triénio  2009/2012. In Feliciano Veiga (Coord.), Atas do I Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas da Psicologia, pp. - . Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
ISBN: 978-989-98314-3-8.

domingo, 3 de Fevereiro de 2013

Lutar contra a apatia em escola difícil

O professor José Alves Roqueta é o terceiro distinguido no âmbito da iniciativa Professor do Ano.
Numa escola que se orgulha de não rejeitar alunos, a Dr. Azevedo Neves, na Damaia, José Alves Roqueta preocupa-se em motivar os jovens para que possam aprender, em dar-lhes um rumo. “O que me faz ferver é a apatia”, resume este algarvio, que ainda não pensa sequer na reforma.

segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013

Auto-avaliação das Escolas

Ao construir um modelo de  auto-avaliação da Escola podemos rentabilizar tempo e esforço e tentar conciliar a auto-avaliação da Escola, com uma previsão da avaliação externa e com a avaliação de programas/projectos em desenvolvimento na escola.
Esta tarefa não é fácil, uma vez que cada um destes componentes apresenta funções e finalidades diferentes e está alocada em paradigmas opostos da administração escolar e consequentemente em paradigmas opostos da avaliação.
No entanto, esta tarefa não é impossível, uma vez que as três componentes apresentam domínios/eixos comuns.

A literatura vem alertando para a complexidade da organização escolar e das lógicas paradoxais em acção. Assim, propomo-nos construir um modelo adaptado à nossa realidade organizacional, tendo consciência dos constrangimentos no processo de auto-avaliação e dos seus caminhos mais positivos e mais negativos.

Neste sentido, apresentamos um  quadro teórico que fundamenta a nossa perspectiva de auto-avaliação, com base no conceito de escola que percepcionamos e de acordo com a missão que nos propomos desenvolver.